Espiritualidade

Momentos de metamorfose: quando sua borboleta interior ganha asas

Já ouviu falar da palavra “metamorfose”?
Significa mudanças profundas e tem duas das obras mais famosas do mundo, nomeadas em homenagem a ela: a novela de Franz Kafka sobre as lutas existenciais de um homem que virou barata e a série de poemas de Ovid sobre como os deuses mudaram de forma graças a suas aventuras com mortais.
Vem do termo metamorfose, no reino animal: uma lagarta come e cresce cada vez mais, até formar um casulo ao seu redor.
O que emerge disso é uma borboleta, algo tão totalmente diferente e tão mais bonito a partir das matérias-primas de que vem.
Isso deu origem ao termo momento ‘borboleta’. São momentos de profunda mudança e profunda metamorfose nos seres humanos.

Imagem relacionada

É quando se percebe verdades profundas e ocultas sobre o próprio eu e os arredores.
Há uma profunda adrenalina e uma profunda sensação de tristeza, durante a qual, apesar de não querer, fica cara a cara com verdades que ignoram por toda a vida.
Vou dar um exemplo da minha própria vida: alguns anos atrás, eu era um estudante se preparando para os meus exames públicos. Eu era uma aluna direta que havia se saído muito bem com assuntos de ciências a vida toda.
Mas isso mudou uma noite quando eu estava me preparando para o exame de física. De repente, percebi que nunca seria feliz como alguém que estuda ciências. A frieza, a realidade e a pura realidade da ciência nunca foram para mim. Decidi aceitar o único amor verdadeiro da minha vida: literatura.
Cinco anos depois, nunca olhei para trás, com arrependimento ou raiva, do meu antigo eu.
Aquele momento de borboleta realmente mudou a maneira como penso e vi o mundo ao meu redor. O momento foi difícil e difícil e eu chorei, pensando que meu mundo que me protegia por muitos anos estava desmoronando e eu era como um barco sem leme em um vasto mar selvagem.
Mas passou. Eu saí mais sábio se não mais rico.
Da próxima vez, uma tristeza tão profunda e terrível surgirá quando você questionar tudo o que sabe, deixe o momento ficar. Use-o para dar à sua vida uma direção melhor.
Bata suas asas e mostre ao mundo suas cores.